Menu

Projeto Tocando a Vida – Seunes

Prezados amigos solidários!

É com grande satisfação que iniciamos mais uma campanha para ajudar o lindo projeto TOCANDO A VIDA, criado pelo nosso colega Seunes Silva, que trabalha na DIBI.

É um projeto que atende crianças carentes da comunidade do Rio das Velas, em Prazeres, ensinando música clássica, desde seus fundamentos teóricos até a prática, na tentativa de mudar a história de meninos e meninas tão desprovidos de perspectivas. Para Continuar TOCANDO A VIDA o projeto necessita de doações de instrumentos musicais, pois a “música não pode parar”.

O TRIBUNAL SOLIDÁRIO, buscando promover a ajudar o projeto, pede a ajuda de todos para fortalecer essa grande iniciativa, doando um instrumento musical para que os alunos possam se desenvolver melhor nas aulas praticas. Os instrumentos podem ser usados, desde que em bom estado.

Seguem abaixo mais detalhes sobre o projeto, nas palavras de Seunes:

“Às margens de toda sorte de violência proveniente, principalmente, da falta de informação, vivem crianças e adolescentes que não sendo assistidos de forma efetiva, tornam-se presa fácil daqueles que, desviando o curso natural da evolução desses indivíduos, os inserem na vida do crime em paralelo às drogas.

O projeto destina-se à implantação de uma escola de música na comunidade do Rio das Velhas, localizada no bairro de Prazeres, município de Jaboatão dos Guararapes, na tentativa de levar incentivo e aumentar o nível de conhecimento e informação desses jovens e, por consequência, dar-lhes a oportunidade de buscar melhores condições de estudo e de vida através da música.”

Convivendo diariamente com as crianças da comunidade, sempre me incomodei com a falta de ocupação das mesmas e a direção que estavam tomando ao se envolverem, já tão jovens e por falta de educação doméstica, com toda a sorte de comportamentos ilícitos, tais como consumo de drogas, pequenos furtos e até envolvimento com manobras realizadas com emprego de armas. Isso dói na alma. Após ter parado (por um ano) as atividades em decorrência da perda de apoio (político), resolvi começar de forma precária, contando apenas com a garagem de casa, cadeiras cedidas por uma igreja da comunidade, alguns instrumentos doados e todo o amor e disposição que tenho para mudar o curso de vida daquelas crianças.

O projeto reiniciou no sábado, dia 04/06/2016, pretendendo continuar mesmo com a precariedade e falta de instrumentos. Esses instrumentos ficam à disposição dos alunos na sede do projeto e assim conseguimos nos alternar e todos conseguem passar suas lições.
Durante o tempo que fiquei com o projeto parado consegui auxiliar algumas crianças que resolveram estudar numa determinada igreja e hoje as vejo tocando, o que me traz imensa satisfação e me faz acreditar que pode dar certo.”

Seunes Silva

Vejam as fotos. É uma iniciativa corajosa e emocionante.

Qualquer informação, procurar Ariane, ramal 817694.

​Equipe TS (Tribunal Solidário)